As lições de 2020 para o mundo dos negócios

Facebook
Twitter
LinkedIn
WhatsApp
As lições de 2020 para o mundo dos negócios

Se alguém disser que 2020 foi fácil para o mundo dos negócios, na certa, a afirmação se tornará notícia. A calmaria e a tranquilidade passaram longe deste ano. Muitos projetos tiveram que ser revistos. A continuidade dos negócios exigiu habilidades dos empresários, que precisaram segurar firme o leme e permanecer no mar. No caso da First Tech, nas nuvens, garantindo segurança para todos os clientes que optaram pelas soluções em cloud e pelos demais serviços oferecidos pela empresa.

Esse, aliás, foi um dos motivos que nos inspiraram fortemente: saber que o trabalho que realizamos na First Tech impacta a vida das pessoas que querem construir suas empresas da melhor forma, seja com soluções para comunicação unificada ou contact center, segurança digital ou segurança de transações. Todas tinham fortes demandas, especialmente em tempos de pandemia e isolamento social. E a maioria requeriam adaptações.

Embora a First Tech seja apenas um ator desse grande elenco, sabemos que sua atuação traz importantes resultados no palco da vida. Facilitar a comunicação entre as empresas e seus clientes, viabilizar a proteção do dinheiro e, ao mesmo tempo, garantir que as pessoas pudessem usar seus cartões de crédito sem tocar na maquinha, preservando sua saúde, reforça a nossa sensação de que tudo o que fazemos tem muito valor, principalmente o cliente de nossos clientes, a população. Isso nos renova.

O momento da decisão

Desde que foi decretada a pandemia, recebemos muitos estímulos para ficar nervosos, tomar decisões precipitadas ou pegar alguns atalhos que talvez não levassem a melhor saída. A habilidade de conter a ansiedade e olhar para o cenário de negócios sem perder a calma foi fundamental.

Inicialmente, navegou na contramão do que a First Tech estava habituada. Com salas compartilhadas, dividíamos alegrias e tristezas, vivenciando juntos todos os momentos da empresa. A rapidez na tomada de decisões tinha se tornado uma marca registrada, levando agilidade aos processos.

Mas o momento exigiu calma. E as decisões centradas foram possíveis não só pela experiência de 25 anos no mercado, mas também pela harmonia construída entre todos nós, justamente pela intensa convivência. Tanto é que mesmo quando um dos comandantes precisou se afastar brevemente, o navio se manteve aprumado, o que era necessário para encarar o vento forte.

E foi desta forma que a First Tech enfrentou os desafios nas diversas dimensões da empresa, a começar pelo funil de negócios, que desapareceu ao longo do primeiro semestre. Houve uma série de negociações que desapareceram pela mudança de cenário, pois os clientes também precisaram rever o seu contexto de caixa e de investimentos. O patamar da First Tech foi reduzido drasticamente, de uma hora para outra.

Subitamente muitas ofertas perderam seu grau de relevância. A empresa se viu diante da necessidade de reconstruir seu pipeline e voltar a encontrar novos negócios, adequados à nova realidade. Talvez pela união da equipe, ou pela experiência de tantos anos na área, ou ainda por receber tamanho incentivo de nossos clientes… ou talvez por tudo isso junto, nós conseguimos superar cada momento e concretizar vários projetos.

O caminho das pedras

Uma das primeiras iniciativas da First Tech foi contatar o cliente, que precisava de atenção e, mais do que nunca, de uma garantia. Verificamos o que precisaríamos fazer para atender cada um de modo assertivo e adequado às circunstâncias daquele momento.

O bom senso foi vital. A empresa passou a entrar na casa de seus clientes, que estavam todos em home office. Ao mesmo tempo que era preciso atender às demandas, era fundamental não ultrapassar os limites. Auxiliar, sem ser invasivo. E nos empolgou o fato de termos sido muito bem recebidos. Embora tivessem que renegociar, os clientes deram clara demonstração da intenção de continuar. Isso sempre nos anima.

Com o olhar atento ao fluxo de caixa da empresa, tomamos decisões importantes. Montamos um comitê de crise, negociamos com fornecedores, nos aproximamos ainda mais de nossos clientes e conseguimos manter nossa equipe, que se fortaleceu, apesar da distância.

Lidar com a descentralização da equipe, aliás, foi um desafio. Mas trouxe novas possiblidades. O empenho, a dedicação e a vontade de fazer dar certo revelados em cada colaborador foram fundamentais para que os setores da First Tech não só continuassem ativos, mas também pudessem acompanhar as novas exigências do mercado.

E foram muitas: o novo sistema de pagamentos instantâneos do Banco Central (PIX), hoje já em atividade, a Lei Geral de Proteção de Dados (LGPD), que ainda gera tantas, discussões, e o HSM off Premise (HoP), um serviço pioneiro disponibilizado pela First Tech, que rendeu até prêmio.

A empresa foi uma das vencedoras na edição 2020 do Prêmio Relatório Bancário, na Categoria Solução para Nuvem, dentro do Pilar Empresas de Meios de Pagamento, com o recém-lançado HoP. O case apresentado foi o da startup Swap, que conseguiu multiplicar sua carteira de clientes após adotar a solução de HSM como serviço disponibilizada pela First Tech.

O mundo dos negócios em 2021

Enfim, superamos 2020. E agora, para planejar 2021 é preciso olhar para dentro. Para realizar projetos é preciso olhar para fora. Para os mercados, para os governos, para o cliente. Conversar, rever projeções e, talvez, iniciar o próximo ano de maneira mais conservadora, afinal, estamos falando de mares não navegados.

Contudo, a empresa já construiu um plano mais arrojado que será prontamente colocado em prática, tão logo o cenário se desanuviar. Estamos trabalhando em novos projetos e a nossa área comercial também estará mais próxima de nossos clientes, tornando-se até mais consultiva.

Ações que foram lapidadas para preservar o bom atendimento aos nossos clientes que, nos apoiaram intensamente e fizeram toda a diferença neste ano atípico. Mais do que clientes, foram parceiros, que consolidaram relações tão fortes como as parcerias que a First Tech carrega em sua história. 

Esperamos, de alguma maneira, ter retribuído todo esse apoio. Estamos muito comprometidos para que em 2021 a nossa relevância aos serviços seja ainda maior. Por ora, fica aqui a nossa profunda gratidão.

A DIRETORIA

Tokenização de Bandeira

Veja também

Tokenização de Bandeira