Meios de Pagamento


Há mais de 20 anos a First Tech atua como parceira tecnológica das principais instituições financeiras, bandeiras de cartões, adquirentes, redes de varejo, data centers, organizações de saúde e outros clientes sujeitos a auditoria de conformidade.

A especialização, a tecnologia e o modelo de serviços auxiliam as instituições financeiras, varejistas e provedores de sistemas de pagamento a acelerarem seu time-to-market. 

Para isso a First Tech conta em seu portfólio com soluções para proteção dos meios de pagamento através de:

  • Gerenciamento de chaves
  • Configuração de Device
  • Data Preparation
  • Troca Remota de Chaves
  • Criptografia de Arquivos
  • Mobile Payment
  • Autenticação de Transações
  • Soluções e Consultoria EMV
  • Sistema de Autorização
  • Consultoria PCI
  • API de HSM

Segurança e conformidade deixam de ser uma preocupação e tornam-se habilitadores de negócios. 

Conheça as Tendências em criptografia e gestão de chaves no  Brasil

Prepare sua empresa para auditorias e conformidades

  • Evidentemente, por trafegar valores financeiros, os dispositivos e redes de pagamentos são alvo preferencial de fraudadores. Contudo, os riscos associados aos sistemas de pagamentos eletrônicos vão além dos prejuízos diretos. Vazamentos de dados de clientes ou notícias relacionadas a incidentes dão um destaque indesejável às organizações atingidas, que perdem credibilidade e chances de negócios. 

Com um portfólio escalonado para operações com diversos volumes, a metodologia da First Tech prepara a organização para auditorias, com menores prazos e custos, como a certificação Payment Card Industry Data Security Standard (PCI DSS).

A experiência acumulada  junto ao conhecimento das melhores práticas, habilita os profissionais da First Tech a realizar um mapeamento preciso das necessidades de negócio, dos riscos e das exigências regulatórias. Esse escopo objetivo simplifica os projetos, baixa os custos operacionais e reduz a exposição do ambiente.

A First Tech também acelera a inovação nos ecossistemas de transações financeiras, que passam a incluir facilidades como pagamentos móveis e outras novas modalidades. A capacidade de proteger os dados onde quer estejam ou trafeguem permite que as transações fluam de forma segura entre os vários agentes das cadeias de valor.


As regulamentações surgem quando falhas na gestão e na segurança de TI das organizações põem em risco toda a sociedade.

• SOX e Novo Mercado

A Lei Sarbanes & Oxley surgiu a partir do escândalo da Enron, que lesou milhares de acionistas com fraudes contábeis e omissão de riscos operacionais. Os legisladores que dão nome à lei estabeleceram que, além da responsabilidade civil da empresa, os executivos são pessoalmente responsabilizados por relatórios de risco, dados contábeis e informações ao mercado. Embora seja uma legislação nacional, a conformidade à SOX é determinante na captação de investimentos globais e a lei serve de base a várias regulações locais para companhias com ações em bolsa. No Brasil, a BM&F Bovespa estabeleceu o Novo Mercado, uma listagem de companhias que demonstram adotar as melhores práticas de governança corporativa. No mercado de capitais, além das precisões dos dados, é fundamental controlar quem e quando acessa determinada informação. Tão mau quanto divulgar um dado incorreto é deixar que um investidor tenha o dado correto antes dos demais, o que fere a regra de isonomia no mercado e caracteriza informação privilegiada.

• PCI DSS

Se refere à proteção de dados financeiros pessoais. Certificação obrigatória para bancos, varejistas e outros participantes dos ecossistemas de pagamentos, o Payment Card Industry Data Security Standard (PCI DSS) é a base da confiabilidade das redes de transações financeiras. A conformidade às normas referentes à proteção dos dados em todo o ciclo – captura, transmissão, processamento e armazenamento.

• HIPPA e resoluções ANS

A regulação americana, Health Insurance Portability e Accountability (HIPPA) prevê uma série de políticas e procedimentos relacionados a captura, armazenamento e acesso de informações médicas. A seção relativa a segurança de sistemas de informação define políticas de criptografia, gestão de chaves criptográficas, além de procedimentos de proteção à infraestrutura de dados 

Junto às soluções de proteção da infraestrutura de informações, os clientes da First Tech contam também com diversas ferramentas de criptografia, alta disponibilidade e cloud secuity, para que a TI tenha flexibilidade operacional, sem contrapartidas nos riscos.

falar com um consultor

Tecnologias Relacionadas