HSM: a importância da criptografia com HSM para empresas de meios de pagamento

Facebook
Twitter
LinkedIn
WhatsApp

A recomendação do PCI é que bancos e empresas de meios de pagamento utilizem um HSM para proteger as transações de pagamentos. Essas transações têm crescido e evoluído constantemente, à medida que os anos passam. 

E, para que esta segurança seja completa independentemente do tipo de transação, são necessários recursos eficientes, como é a criptografia com HSM.

A criptografia se trata de um conjunto de regras digitais, criadas com o objetivo de fazer com que apenas emissor e receptor tenham acesso ao conteúdo enviado, não permitindo que a mensagem/ transação seja visualizada por pessoas não autorizadas.

Para tornar ilegível uma mensagem e transformá-la em uma sequência de caracteres aleatórios, o processo pode ser complexo, mas consideravelmente facilitado pelas tecnologias certas, como é a de um HSM de pagamento.

Dessa forma, a realização de sua principal função necessita do uso de algoritmos matemáticos, visando a criação de códigos impossíveis de serem decifrados (a não ser, que você possua uma chave de acesso).

Quais são os tipos de criptografia?

A verdade é que existem muitos tipos de criptografia. Porém, claro, existem os tipos mais usados pelas empresas, por exemplo. Veja quais são eles:

  • Chave simétrica;
  • DES (Data Encryption Standard);
  • IDEA (International Data Encryption Algorithm);
  • SAFER (Secure and Faster Encryption Routine);
  • AES (Advanced Encryption Standard);
  • Chave assimétrica.

Qual a importância da criptografia nos meios de pagamento?

Assim como tudo o que envolve a proteção de dados, a criptografia, seja ela de qual tipo for, é essencial no processo de segurança digital das informações da empresa, principalmente quando falamos das transações de pafgamentos.

Estamos tratando de um dos maiores níveis de segurança existentes no mercado tecnológico.

Neste caminho, confira abaixo alguns dos benefícios que um HSM pode levar à segurança das transações de pagamento de bancos e empresas de meios de pagamento, utilizando o recurso da criptografia:

  • O HSM é um hardware que protege dados com criptografia, garantindo sua segurança e integridade;
  • O HSM fornece uma base de criptografia segura, já que as chaves privadas não podem ser exportadas;
  • Os requisitos de conformidade são respeitados através de soluções para Blockchain, GDPR, IoT, PCI DSS, assinaturas digitais, DNSSEC, armazenamento de chave em hardware, aceleração transacional, gestão de certificados, assinatura de código ou documento, geração de chaves em massa, criptografia de dados e muito mais;
  • As chaves criptográficas, sempre que geradas, são armazenadas em um dispositivo que possui validação FIPS, que é resistente à intrusões e violações, além de contar com os níveis mais fortes de controle de acesso.

De maneira geral, transações de pagamentos demandam segurança e a preservação da integridade dos dados, e cada uma delas tem suas peculiaridades e necessidades particulares. Por isso, demandam suporte e constante atualização dos meios que provêm a proteção das informações.

First Tech

O HSM payShield 10k da Thales é o mais utilizado pelo mercado de pagamentos, mostrando a qualidade e eficiência desta tecnologia.

Fale com nosso time para saber mais como implementar o HSM em sua empresa de meios de pagamentos.

Tokenização de Bandeira

Veja também

Conheça a trajetória da First Tech

Confira como a First Tech iniciou sua jornada no segmento de tecnologia e ampliou suas possibilidades, gerando oportunidades para centenas de parceiros.

Tokenização de Bandeira