Segurança e desempenho à borda da rede com SD- Branch

Facebook
Twitter
LinkedIn
WhatsApp
Segurança e desempenho à borda de rede com SD Branch

O SD-Branch pode ser um fator essencial na segurança digital de qualquer organização. Mas do que se trata?

O que é SD-Branch?

A tecnologia SD-Branch leva para o nível de software e centraliza a configuração e o gerenciamento de redes e pontos remotos numa empresa que possui WAN. Ela é a resposta atual e de próxima geração para as dificuldades trazidas ao gestor de TI pela constante expansão das redes de filiais e estruturas operacionais remotas tais como quiosques, ambulatórios móveis e canteiros de obras.

Com as facilidades de planejamento, implantação e configuração por software, esta tecnologia permite conter o agigantamento da base de ativos de hardware e licenças de software com suas consequentes complicações de gerenciamento.

Através de sua solução Secure SD-Branch, baseada em inteligência artificial, a Fortinet propõe uma abordagem unificada – concentrada em dispositivo único – para problemas de roteamento dinâmico, gerenciamento remoto e segurança de borda.

Com isto, a fabricante evita a tradicional duplicidade de estruturas para estas diferentes dimensões, o que normalmente representa maior custo de infraestrutura e suporte, menor nível de orquestração e mais pontos de gerenciamento.

Como funciona o SD-Branch?

Com o emprego do Secure SD-Branch, é possível projetar ou modernizar rapidamente a engenharia de bordas através de console gráfica inteligente, reduzindo-se a necessidade de intervenção humana na estrutura física e tornando mais rápidos os processos de implantação ou mudanças.

Sua estrutura integrada concentra as funcionalidades de firewall, access point, switches e controle de acesso com autenticação multifator e com supervisão através de painel remoto unificado. A infraestrutura funcional é ancorada pelo sistema operacional FortiOS, que enxerga a rede a partir de uma óptica focada em segurança, economia e flexibilidade.

E qual a real importância de possuir soluções de SD-Branch nas empresas?

Entre as missões do Secure SD-Branch está a implantação de políticas e estratégias de acesso seguro, além de visibilidade e controle para a multiplicidade de dispositivos que levam cada vez mais porosidade e risco para as bordas de filiais.

Uma vez integrada no comando, a solução parte para a descoberta constante, classificação e mapeamento de endpoints de escritório, atendimento ou linha de produção, recursos de BYOD, roteadores residenciais e pontos de IoT. E isto ao mesmo tempo em que executa a varrição e correção de vulnerabilidades.

A tecnologia da Fortinet resolve de forma cabal a automação de compliance e segurança de acesso nas filiais, reduzindo o atrito para o usuário e preparando a empresa para enfrentar as ameaças cibernéticas ou abusos internos que exploram as vulnerabilidades de borda.

Conheça os componentes do SSD-Branch!

FortiGate – Implementa serviços de firewall e sensor de eventos de segurança na camada de acesso, atuando de forma integrada como os switches wireless de borda.

FortiNAC – Realiza o controle de acesso na rede, oferecendo descoberta e perfil automático de endpoints de usuário ou IoT. Faz varredura de tráfego e aplica as políticas de segurança e hierarquia de acesso estabelecidas.

FortiAP – Solução de access point para a disponibilização e gerenciamento de WiFi seguro, e controle de acessos cabeados, com base em gestão da identidade.

FortiSwitch – Oferece comutação segura de rede e acesso escalonável a aplicações XaaS a partir da borda com a ampla retaguarda de segurança e gerenciamento oferecida pela plataforma Fortinet. Fornece também visibilidade e relatórios consolidados para o gerenciamento da estrutura.

Conheça a First Tech!

Sabendo todas as informações sobre o SD-Branch, é importante que se adquira esta tecnologia com a melhor empresa existente no mercado: a First Tech!

A First Tech é um parceiro GOLD Fortinet, por isso é especialista em soluções SD-WAN, além de outras soluções que envolvem a segurança digital da sua empresa. Seja on premise, em nuvem, segurança de perímetro e aplicação.

Fale com nossos especialistas e, se sua empresa utiliza ou pretende utilizar tecnologias de IoT (Internet of Things), leia nosso artigo que explica como proteger localidades remotas contra os ataques cibernéticos, já que eles estão cada vez mais iminentes neste momento!

Veja também