Segurança de dados na nuvem: posso confiar?

Facebook
Twitter
LinkedIn
WhatsApp
Segurança de dados na nuvem: posso confiar?

A computação em nuvem é a peça central da resposta técnica mundial à crise da COVID-19. Segundo o IDC (International Data Corporation), os gastos com infraestrutura de TI em nuvem ultrapassaram os gastos com infraestrutura de TI tradicional pela primeira vez, no segundo trimestre de 2020. O aumento foi de 34,4%, em relação ao mesmo período do ano anterior. Já os investimentos em infraestrutura de TI tradicional, fora da nuvem, caíram 8,7%. Segurança de dados na nuvem: posso confiar?

Esse é um caminho para o qual as empresas já vinham se direcionando há alguns anos. A pandemia apenas acelerou o processo. Uma pesquisa com cerca de 300 gestores e profissionais de TI da Schneider Electric apontou que a segurança na nuvem passou a ser considerada mais eficaz já em 2017.

De acordo com o levantamento, 57% dos entrevistados relataram essa confiança em deixar os dados na nuvem. E quando considerados apenas os profissionais de TI, esse índice era ainda maior: 78% já confiavam na nuvem.

O que ocorre é que nem sempre as medidas de segurança em nuvem são consideradas pelas empresas tão rapidamente como a migração para a nuvem, abrindo brechas para muitos problemas. Nesse sentido, é importante se atentar a alguns cuidados na hora de colocar os seus e os dados de seus clientes em cloud.

A companhia precisa ter mecanismos de segurança, tanto para recuperar as informações, quanto para impedir que elas sejam corrompidas ou roubadas.

Por que deixar os dados nas nuvens é melhor?

Quando se mantém os dados em um local físico, a empresa está sujeita a riscos difíceis de serem evitados. Por exemplo, o equipamento pode se degenerar, pode ser perdido, pode ter um bug ou até mesmo ser roubado. Já nas nuvens, é possível se precaver para evitar problemas.

Importante considerar que o roubo por hackers não é o único risco. Muitas empresas têm instâncias de infraestrutura como serviço (IaaS) configuradas incorretamente, o que pode deixar os dados expostos de maneira inadequada.

Segurança de dados na nuvem: posso confiar? Resumindo, independentemente do tamanho da companhia, armazenar informações sensíveis como dados pessoais de clientes, movimentações financeiras e estratégicas empresariais, requer alto nível de segurança e grande capacidade de proteção contra roubos e invasões.

Quero manter os meus e os dados dos clientes nas nuvens. Posso confiar?

No mercado há 25 anos, a First Tech recomenda que a atenção à segurança seja exatamente a mesma dispensada à realização da jornada para Cloud. A migração para a nuvem tem que ser feita com segurança e assertividade.

Esse foi um dos motivos que levaram a First Tech a ter como parceira a Fortinet, líder global em soluções de segurança cibernética. Com inovações constantes, como é o caso do Secure SD-WAN para Multi-Cloud, lançado em 2020, resolvendo desafios comuns de desempenho, visibilidade, custo e controle de aplicativos associados a implantações de várias nuvens.

A First Tech, sempre atenta ao mercado e às necessidades de seus clientes, preza por conhecê-los melhor, através de sua equipe, que tem pleno conhecimento do mercado de segurança, para então indicar a solução mais adequada. Se você quer percorrer a Jornada para a Cloud ou já deixou os dados de seus clientes na nuvem e quer garantir mais segurança, preservando assim a confiabilidade de sua empresa, clique aqui e nos envie uma mensagem. Teremos muito prazer em trabalhar juntos.

Veja também