Logo First Tech, soluções de pagamentos

Os benefícios da segurança em nuvem para empresas de todos os tamanhos

Segurança em nuvem

Quando falamos em segurança em nuvem, estamos nos referindo às práticas e tecnologias utilizadas para proteger os dados armazenados, processados e transmitidos em serviços de computação em nuvem. O objetivo, como você pode imaginar, é protegê-los contra ameaças externas (cibercriminosos, ransomware e ataques de negação de serviço) e internas (falhas humanas e problemas em hardwares, por exemplo).

Entretanto, ainda é bem comum encontrarmos gestores que não sabem se é possível ou não confiar na segurança de dados na nuvem. Adiantamos que, sim, esse é um recurso extremamente eficaz e confiável. Mas existem outras vantagens de aderir e é sobre elas que falaremos neste artigo. Confira uma prévia dos benefícios que você conhecerá:

  1. redução de custos e escalabilidade;
  2. maior proteção de dados;
  3. implementação facilitada.

Continue a leitura para conhecer os detalhes e entender por que a segurança em nuvem é uma excelente opção para empresas de todos os tamanhos.

3 benefícios da segurança em nuvem para o seu negócio

1. Redução de custos e escalabilidade

Definitivamente, investir em soluções de segurança físicas já não faz mais sentido para nenhuma empresa, independentemente do porte. Afinal, existem soluções robustas executadas on-line tão ou mais eficientes que qualquer estrutura própria. Até porque, para isso, é necessário gastar com hardwares e, possivelmente, com a contratação de mais profissionais para a equipe de TI. A tecnologia cloud ainda diminuiu os gastos com backup de dados e facilitou o armazenamento dessas informações em sites redundantes, o que aumenta as chances de recuperação em casos de incidentes.

Além de reduzir as despesas, a segurança em nuvem traz outra vantagem bastante atrativa: a escalabilidade. Ou seja, na medida que as suas necessidades mudam, o serviço se adapta a elas. Assim, novas funcionalidades podem ser adquiridas ou, então, canceladas.

2. Maior proteção de dados

Com funcionários trabalhando em home office, muitos gestores têm se preocupado com a proteção dos dados. Essa preocupação acontece, tendo em vista, o acesso remoto e, muitas vezes, o uso de dispositivos pessoais pelos colaboradores. Assim, encontrar meios de prevenir as ameaças cibernéticas, deve ser, de fato, uma prioridade. A segurança em nuvem ajuda nessa questão, uma vez que permite que sejam determinados os usuários que terão acesso às informações, evitando a visualização de pessoas não autorizadas, bem como viabiliza o rastreamento de todas as ações executadas.

Mas não é apenas por esses motivos que a segurança em nuvem é a melhor opção para proteção dos dados. Muitas empresas têm instâncias de infraestrutura, como serviço (IaaS), configuradas incorretamente, o que pode deixar os dados expostos de maneira inadequada. Também, as soluções mais robustas garantem o acesso seguro aos dados corporativos com VPN para trabalho remoto.

3. Implementação facilitada

Ao contrário de uma estrutura física, a segurança em nuvem é fácil de ser colocada em prática. Até porque esse esforço não fica por conta da sua equipe, mas sim de uma empresa especializada, que saberá como fazer a integração e quais aplicações críticas devem ser priorizadas. Ainda, por estar focada nesse ponto, terá uma visão holística acerca da cibersegurança.

Mais que contar com essas facilidades, não podemos deixar de mencionar o suporte. A First Tech, por exemplo, disponibiliza uma equipe que monitora os ativos em tempo real, a todo momento. Esse detalhe faz toda a diferença em uma estratégia de proteção. Por fim, contratar o serviço de segurança em nuvem garante que seu negócio esteja em conformidade com todas as regras. Normas ISO 27001 e ISO 27002, além da LGPD, trazem a garantia de que não haverão problemas legais.

Viu como investir em uma boa ferramenta de segurança em nuvem pode ser benéfico para o seu negócio? E aqui vale lembrar que eles se estendem às empresas de todos os tamanhos e, até mesmo, às organizações de pequeno porte que devem ter a proteção de dados enquanto prioridade. Ainda tem dúvidas? Entre em contato e fale com um de nossos especialistas!

Cibersegurança