Opções de privacidade

Erros comuns sobre cibersegurança nas empresas

Erros comuns de cibersegurança

Mesmo com a maior conscientização sobre a importância de manter os sistemas e dados protegidos, alguns erros comuns de cibersegurança nas empresas seguem sendo cometidos. Muitos deles, embora envolvam ações simples do dia a dia, precisam ser rigorosamente evitados para garantir a integridade digital.

Neste artigo, trouxemos 5 dos erros mais comuns de cibersegurança. Veja quais são:

  1. Falta de conscientização;
  2. Acesso não autorizado;
  3. Acreditar que a empresa não é um alvo potencial;
  4. Falta de monitoramento;
  5. Senhas fracas e seu compartilhamento.

Continue a leitura, saiba por que eles colocam a sua empresa em risco e veja como driblá-los.

Confira 5 erros comuns de cibersegurança nas empresas

1. Falta de conscientização

Muitas empresas não fornecem treinamento suficiente aos funcionários sobre segurança cibernética e os riscos associados. Isso pode levar a erros humanos e falhas de segurança, como o phishing, malware e até ransomware. A cibersegurança na empresa deve ser pauta para todos os colaboradores. Afinal, grande parte das invasões ainda ocorre por falha humana, como o simples fato de clicar em um link mal intencionado, permitindo o ataque de um ransomware. Portanto, é importante que uma cultura de segurança cibernética seja instituída e bem difundida.

2. Acesso não autorizado

As empresas muitas vezes permitem que muitos funcionários tenham acesso a informações confidenciais ou sistemas importantes, o que aumenta o risco de acesso não autorizado e vazamento de informações. Por ser um erro comum, cometê-lo potencializa ― e muito! ― as chances de incidentes. Para exemplificar, este erro acontece quando um colaborador tem status de administrador em diferentes contas e redes. Com mais logins e poder de ação, as falhas tendem a aumentar. Para evitá-las, vale seguir o princípio do menor privilégio de acesso. Isso significa que um usuário deve ter as permissões necessárias somente para executar suas tarefas.

3. Acreditar que a empresa não é um alvo potencial

Este é um ponto mais comportamental do que técnico, mas que segue apontado como um dos erros mais comuns de segurança cibernética dentro das empresas. Acreditar que não está na mira dos invasores ou, até mesmo, achar que as informações que transitam na sua rede não são interessantes é um pensamento que pode trazer prejuízos, tanto financeiros como reputacionais. Lembre-se que ataques podem acontecer, desde que o criminoso encontre uma vulnerabilidade.

Leia também: Como proteger dados e evitar danos por ataques cibernéticos em sua empresa.

4. Falta de monitoramento

As empresas podem não monitorar seus sistemas e dados críticos em tempo real, o que pode permitir a detecção tardia de um ataque ou violação de dados, além de poder obter visibilidade, para assim reconhecer as vulnerabilidades, pois é a melhor forma de corrigi-las. Com isto, é importante, inclusive, realizar testes de segurança frequentemente. Sites, aplicações web, rede interna, externa e wireless devem ser algumas das prioridades nestas análises. Além de mostrar os pontos mais sujeitos a ataques, o mapeamento e monitoramento, ajudam os gestores a validarem processos e estratégias de proteção.

5. Senhas fracas e seu compartilhamento

Muitas pessoas ainda usam senhas fracas e fáceis de adivinhar, como “123456” ou “senha”. As empresas devem exigir senhas fortes e complexas e implementar políticas de senha que forçam os funcionários a alterá-las regularmente. Compartilhar senhas entre muitos colaboradores são atitudes consideradas a porta de entrada para ataques. Muitas empresas ainda utilizam sistemas inapropriados como um .doc para guardarem suas senhas e acessos. A vantagem é que basta enviar o link e, pronto, todas as informações fundamentais para outro colaborador estão nas mãos dele. Entretanto, esses arquivos podem ser indexados, o que é um risco para a empresa. Outra questão é que, quanto mais pessoas sabem sobre uma senha, mais difícil será investigar um incidente.

Com isto, identificou algum possível erro que esteja acontecendo aí em sua empresa? Se ao menos um deles fizer parte da sua rotina, saiba que a integridade dos seus dados pode estar comprometida. Mas fique tranquilo que é possível resolver! Além de seguir as dicas que trouxemos neste artigo, tenha ao seu lado um parceiro especializado em tecnologia para segurança cibernética. A First Tech te ajuda a encontrar a solução certa para sua necessidade!

Cibersegurança