Logo First Tech, soluções de pagamentos

4 tendências de ameaça cibernética para 2024

4 tendências de ameaça cibernética para 2024

Na contramão dos índices globais, o Brasil viu uma redução de 3% nos ciberataques entre janeiro e setembro de 2023. Entretanto, mesmo que isso pareça uma boa notícia, cabe adiantar que não é momento de relaxar quanto à segurança. A atenção deve estar nos quatro tipos de ameaças cibernéticas que vêm sendo apontadas como grandes tendências para este ano.

As 4 principais ameaças cibernéticas para ficar de olho em 2024

O trabalho para garantir a segurança de dados de uma empresa exige mais que o conhecimento e as ferramentas certas: é preciso estar atento às movimentações do mercado para se manter um passo à frente dos cibercriminosos. Algumas das ameaças cibernéticas que você verá a seguir não são novidades, porém tendem a seguir figurando entre as que mais causam prejuízos às organizações.

1. Phishing

Os ataques de engenharia social sempre foram uma ameaça cibernética grave. E o fato do phishing continuar uma forte tendência é que, infelizmente, ele é bastante eficaz. Nesse tipo de ataque, os cibercriminosos encontram formas de ludibriar colaboradores reais da empresa. Estes, sem saber, entregam credenciais de acesso importantes e, vale ressaltar, o e-mail continua sendo a principal porta de entrada para esses invasores.

Veja como proteger sua empresa contra ataques de phishing e engenharia social.

2. Inteligência Artificial

A Inteligência Artificial foi um dos assuntos mais comentados em 2023 e, para este ano, não será diferente. Isso porque ela pode ser vista como uma faca de dois gumes: ao mesmo tempo em que é uma excelente aliada da cibersegurança, também é usada por pessoas mal intencionadas para adentrar sistemas, seja utilizando a tecnologia para imitar o comportamento humano ou para impedir a detecção de atividades suspeitas. Ainda, os ataques de força bruta ― em que um grande número de combinações de senhas é testada até que a correta seja encontrada ― ficam muito mais eficientes. Isso quer dizer que, agora, muito menos tempo é demandado até que a informação seja obtida.

Leia e descubra como a Inteligência Artificial está mudando o cenário da segurança cibernética.

3. Ataques a dispositivos IoT

Quanto mais tecnologia é inserida na rotina, mais oportunidades são dadas aos invasores. Os dispositivos de IoT conectados à rede são alvos de ataques há algum tempo e, de acordo com especialistas, seguirão visados em 2024. A segurança cibernética da empresa deve ter um rígido controle sobre esses dispositivos, especialmente os usados por equipes remotas.

Confira no blog: Tudo que você precisa saber sobre segurança de redes com dispositivos IoT.

4. Ransomware

Em 2023, as organizações de todo o mundo puderam observar um aumento nos ataques de ransomware. Um levantamento da Check Point Research (CPR) mostrou que, no ano passado, houve um crescimento de 4% em relação a 2022. O ransomware é um tipo de malware utilizado para obter e codificar os dados de dispositivos e sistemas e se subdivide em diferentes tipos. Para este ano, a expectativa é que eles continuem entre as principais ameaças cibernéticas.

Como você pôde ver, todas essas tendências em ameaça cibernética já são conhecidas. Todavia, isso não significa que continuem iguais aos anos anteriores. Os cibercriminosos vêm aprimorando suas práticas e focando em torná-las cada vez mais eficazes.

Tendo isso em vista, a proteção aos sistemas e as medidas de cibersegurança devem evoluir constantemente e buscar estar um passo à frente dos invasores. Para isso, muitos vêm investindo em parcerias que ajudam a mitigar esses riscos. No artigo “5 motivos para terceirizar o serviço de SOC da sua empresa”, você verá as razões que fazem desta uma das melhores opções para garantir a cibersegurança.

Agora que você sabe quais as tendências de ameaça cibernética estarão em voga neste ano, agende uma conversa com os especialistas da First Tech e veja o que podemos fazer pela segurança de dados da sua empresa.